Fogões lentos: vantagens e desvantagens

Blog vantagens e desvantagens do fogão lento

Nos últimos anos tem havido um interesse crescente por uma alimentação saudável e equilibrada e, consequentemente, pela nossa forma de cozinhar. Estamos a dar cada vez mais importância às refeições preparadas em casa com ingredientes frescos e cozinhados com pouca gordura.

Embora também seja verdade que combinar o trabalho fora de casa com a cozinha não é muito fácil. Por sorte existem pequenos electrodomésticos que nos permitem alcançar uma alimentação saudável sem ter de passar horas intermináveis ​​na cozinha. Um desses pequenos aparelhos são os fogões lentos, também conhecido como fogões lentos ou Crock-Pots. Abaixo vou te contar tudo o que você precisa saber sobre essas panelas, suas vantagens e desvantagens e tudo que elas podem fazer por você na cozinha.

O que é um fogão lento e como ele funciona?

Um fogão lento é uma panela que se conecta à rede elétrica e cozinha os alimentos por um longo período de tempo a uma temperatura constante. Isso permite que você prepare receitas que exigem cozimento prolongado e, muitas vezes, em baixa temperatura. Ao cozinhar em fogo baixo, os ingredientes ficam mais macios e suculentos.

Embora o funcionamento de um fogão lento seja muito simples, para entendê-los melhor, primeiro vou falar sobre os diferentes elementos que o compõem. Vamos ver quais são:

  1. Partes de um fogão lentoEscudo externo: É o componente que gera calor através das resistências encontradas no interior.
  2. Panela ou panela removível: é o pote que vai para o invólucro exterior. O alimento a ser cozido é colocado nele. Você encontrará potes de cerâmica ou metal. Alguns modelos ainda permitem que você use esta panela como uma panela tradicional para que você possa fazer preparações anteriores, como fritar ou selar ingredientes como carne. Você pode até colocá-lo no forno e levá-lo à mesa para servir comida.
  3. Topo: Na maioria dos modelos, a tampa costuma ser transparente para poder controlar de relance e sem precisar abrir o pote, como está sua receita.
  4. Painel de controle: o painel de controle do fogão geralmente está localizado na parte frontal da caixa externa. Com este painel você pode ajustar a temperatura e o tempo de cozimento. Existem também modelos que têm a opção de programar o potenciômetro para que ele ligue e desligue em um determinado horário. Outros modelos também incluem uma função manter quente.

Agora que você viu as diferentes partes de um pote, vou explicar como elas funcionam. Primeiro Você só terá que colocar todos os ingredientes necessários dentro da panela e depois iniciá-la selecionando o tempo de cozimento e a temperatura. Assim tão fácil.

Algumas receitas requerem a preparação prévia de determinados alimentos. Para isso terá que fazer este passo num tacho à parte ou, se o seu tacho for adequado para placas de indução, placas vitrocerâmicas ou fogões, pode fazê-lo no mesmo tacho sem ter de sujar outros tachos.

Ao final, o que você vai conseguir é que seus pratos sejam cozidos em fogo baixo, preservando todos os nutrientes e deixando-os macios e suculentos. Receberá receitas como as que as nossas avós preparavam, mas sem ter de estar constantemente atento à panela.

Fogões lentos: vantagens e desvantagens

Como em tudo, os fogões lentos têm vantagens e desvantagens, que são:

Vantagens dos fogões lentos
  • Eles realçam o sabor dos seus pratos.

    Os fogões lentos cozinham a uma temperatura entre 80 e 100 ºC. Graças a este tipo de cozedura em lume brando, os alimentos reduzem gradualmente a água e a gordura que contêm de forma lenta e concentrada, amolecendo as suas fibras e realçando o sabor do guisado.

  • Preserva melhor os nutrientes.
    Esse tipo de cozimento preserva melhor os nutrientes e vitaminas dos alimentos, para que seus pratos sejam muito mais saudáveis.
  • Fácil de manter e limpar.
    Os fogões lentos são fáceis de limpar e fazem pouca sujeira, pois geram menos vapor, gordura e odores do que as panelas tradicionais.
  • Proporcionam maior conforto na hora de cozinhar.
    Você poderá economizar tempo para fazer outras coisas, pois só precisará colocar os ingredientes e poderá esquecê-lo até que o processo de cozimento termine. Você não terá que estar atento ou constantemente mexendo.
  • Alguns modelos são programáveis.

    Você encontrará fogões lentos programáveis ​​para que você possa ajustá-lo para que comece em um determinado momento. Graças a este recurso, você pode ter a comida pronta no momento que melhor lhe convier.

  • Mantenha a função quente.

    A grande maioria dos modelos inclui a função de manter aquecido, por isso, se ficar sem tempo, terá sempre a comida pronta quando se sentar à mesa para comer.

  • Boa eficiência energética.
    Embora possa parecer o contrário, pois cozinham há muito tempo, os fogões lentos consomem entre 15 a 20 vezes menos do que quando cozinham em uma placa de vitrocerâmica.
Desvantagens dos fogões lentos
  • Você tem que ter cuidado com alguns alimentos.
    Alguns alimentos, como feijão, contêm fitohemaglutinina, uma toxina que só pode ser removida em altas temperaturas. Você terá que cozinhá-los previamente por 15 minutos em altas temperaturas em uma panela convencional para poder eliminar essa toxina. Além disso, se for cozinhado a menos de 60ºC, algumas bactérias podem proliferar.
  • Você não deve exagerar com algumas espécies.

    Especiarias fortes como canela e tomilho podem dominar outros sabores. Isso ocorre porque eles estão fervendo há horas. É aconselhável usar menos quantidade do que a indicada ou adicioná-los no final do tempo de cozimento.

  • Eles não preparam a comida em pouco tempo.

    Eles são chamados de fogões lentos, pois são projetados para cozinhar em fogo baixo. Se você está com pressa e precisa que a comida fique pronta em pouco tempo, não é o aparelho ideal para você.

  • Eles são feitos sobretudo de inverno ou pratos de colher.
    Quando a tampa é fechada, retém o vapor e condensa a água, diluindo assim os sabores e especiarias. Você tem que estar preparado para consumir alimentos embebidos em um pouco de água. Caso você queira contrariar isso, você terá que adicionar menos líquido do que a receita indica.

Que receitas posso preparar com um fogão lento?

A maioria das caçarolas que você pode fazer em um fogão lento pode ser feita em um fogão lento. Mesmo assim, algumas receitas ficam bem melhores nesse tipo de panela por terem um sabor mais intenso e concentrado. Exemplos são os ensopados de carne, caldos de todos os tipos e ensopados. O mesmo acontece com as leguminosas, que são mais macias e com mais sabor. Você também pode preparar assados. O único inconveniente é que, se você quiser um acabamento dourado, terá que colocá-lo no forno por alguns minutos.

vantagens e desvantagens dos fogões lentos - que comida posso preparar

Quanto consome um fogão lento?

Uma das vantagens que eles têm fogões lentos é que consomem muito pouca eletricidade. Ao cozinhar a baixas temperaturas, consomem pouca energia e, apesar de estarem muitas horas ligados à rede, são um dos aparelhos que consomem menos energia.